Mic Dinâmico ou Eletreto

Até próximo dos anos 90, as cápsulas de microfone utilizados por músicos ou por qualquer transceptor ou gravador de voz eram sempre feitas com uma bobina fina colada ao diafragma e acompanhadas de um imã fixo para captar as variações causadas pela voz, então as variações causadas pela voz faziam a bobina ser movimentada pelo diafragma, e as variações eram amplificadas pelo circuito eletrônico do equipamento, esse tipo de microfone é chamado de microfone dinâmico.

É chamado de dinâmico pois a bobina possui um valor que varia de 200 a 700 ohms de acordo com o movimento do diafragma, atualmente a maioria dos fabricantes de microfones ou de equipamentos que utilizam microfones adotaram o microfone de eletreto como cápsula.

Além da alta qualidade e da fidelidade do som capado, o microfone de eletreto tem um valor interno de até 1200 ohms (1K2) e consiste em um transistor de feito de campo com um dos seus elementos ativos ligados ao um fino metal que detecta a voz e transfere ao transistor que amplifica e transfere ao pré-amplificador do equipamento.

Esse é um método muito mais eficiente e durável, o que existe de inconveniente, se é que se pode afirmar isso, é que se torna necessário um pequeno circuito eletrônico para fazer a polarização do eletreto, porque os microfones de eletreto não funcionam se forem ligados diretamente ao circuito pré-amplificador ou ao rádio.

E dizer que chamavam o microfone com diafragma de dinâmico……..

Postagens relacionadas
  • Retificadores e Nomenclaturas
  • Assim Surgiu a Eletrônica
  • Repelente Não Funciona
  • A Corrente é …..
  • Excesso de Corrente
  • Porque Não Atendo
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (14140)
  • Antena Para Celular (11765)
  • Amplicador 60 W RMS (9414)
  • Os Gatos & Dúvidas (7961)
  • Ganhar na Loto Fácil? (5686)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.   Dúvidas? Acesse o Fórum