Campainha Sem Fios (PRJ)

Quem nunca pensou em montar uma campainha sem fios? Na verdade, não é tanto por luxo, às vezes até por necessidade, por isso, esse projeto é direcionado aos montadores nível iniciante, levando em conta que envolve rádio frequência.

O problema é que os circuitos que são apresentados e disponíveis na internet exigem componentes caros e muitas vezes difíceis de encontrar, mas existe uma alternativa bem barata e utilizando componentes comuns e que estão ao alcance de todos.

Utilizando um par de módulos de RF de 433 MHz, um circuito integrado, dois transistores e alguns componentes adicionais é possível executar a montagem de uma campainha sem fio com alcance mais ou menos de 30 metros, distância suficiente para maioria das necessidades.

O circuito que proponho inicialmente é o transmissor, esse circuito é composto por um módulo MX-05V, esse módulo de RF funciona de 3,5 a 12 volts, é bom citar que o alcance da transmissão depende da tensão de alimentação, o módulo MX-05V é o que foi usado nesse projeto, mas nada impede que módulos similares sejam utilizados, mas sempre observe a pinagem de ligação.

O transmissor fica na condição de espera, onde um circuito integrado do tipo 555 está configurado como oscilador, mas só quando for pressionada SW1 é que um tom será gerado e aplicado na entrada do módulo transmissor.

Para funcionar como descrito, a chave SW1 deve ser do tipo normalmente aberta, é uma chave miniatura de pressão do tipo normalmente aberta.

O tom gerado com os componentes sugeridos está em torno de 600 hertz e pode ser alterado para outra frequência qualquer, o conjunto C2, R4 e R3 são responsáveis pelo tom gerado, eu prefiro deixar em um tom audível assim posso monitorar o tom gerado sem osciloscópio e nem frequêncímentro, nesse caso eu uso um amplificador de áudio comum.

Além disso, o tom gerado não é o tom que será emitido pelo circuito de recepção, veja a simplicidade do transmissor no esquema abaixo.

ibytes_trasm_campanhia

O receptor tem como componente o módulo MX-FS-03V, o circuito completo é alimentado por 6 volts, é preciso lembrar que o módulo de RF MX-FS-03V não pode ter alimentação maior do que 5 volts.

O estágio do oscilador funciona com 6 volts e a tensão para o módulo é reduzida colocando dois diodos do tipo 1N4001 em série.

O tom gerado no transmissor altera o nível de tensão na saída do módulo receptor, e é aproveitada a alteração para polarizar a base do transistor BC 547, uma vez que a base do BC 547 esteja positiva, o oscilador emite um tom contínuo no alto falante.

Para obter um bom rendimento convém usar uma alto falante grande, mas não tão grande que prejudique a miniaturização do projeto.

O tom gerado pelo circuito receptor depende do ajuste em VR1, de R1 e de C3, acredito que os demais componentes dispensam qualquer apresentação.

Sempre lembrando que em todo o circuito que utiliza componentes polarizados a posição dos componentes deve ser rigorosamente observada sob pena de não funcionar e ainda danificar os componentes utilizados na montagem fracassada.

Para saber se o transmissor está transmitindo e o receptor está recebendo a transmissão convém pressionar a chave SW1 do transmissor em manter pressionada e ajustar o VR1 no receptor.

Na verdade, esse é o único ajuste, mas para fazer os ajustes e testes de alcance é recomendável usar uma bancada e modificar os componentes de acordo com o gosto de cada um, lembrando que quanto mais chato for o tom gerado pela campainha, mais fácil de ser notada.

O esquema da parte de recepção é mostrada na imagem abaixo.

ibytes_receptor_campanhia

 

Postagens relacionadas
  • Eliminador Baterias
  • Campainha Sem Fios
  • Lâmpada Inteligente
  • Lâmpada Automática
  • Detector de Presença
  • Economia Sem Gato
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (35939)
  • Antena Para Celular (27127)
  • Gerador Números Celular (23225)
  • Amplicador 60 W RMS (19906)
  • Os Gatos & Dúvidas (18447)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.