Aplicações Lei de Ohm

Georges Simon Ohm observou que a cada diferença de potencial estabelecida em um resistor corresponde a uma corrente elétrica.

A lei de Ohm mostra que a corrente que circula por um circuito é diretamente proporcional à tensão e inversamente proporcional à resistência.

Antes dos exemplos, para conhecimento, pelo sistema internacional a unidade 1 ohm é = 1V / 1A.

Agora podemos ir direto para alguns exemplos de aplicações da Lei Ohm:

1: Um circuito que possuí uma resistência de 100 ohms e uma tensão de 200 volts, para determinar a corrente a fórmula de cálculo é a seguinte: I = E / R.

Trocando as letras pelos números temos: I = 200 / 100 = 2, como o resultado mostra, a corrente que circula por um resistor de 100 ohms sob tensão de 200 volts é 2 Ampères.

2: Qual é o valor da resistência de circuito que possua uma tensão de 500 volts e uma corrente de 500 mA (0,5A)?

Se R = E / I, trocando as letras pelos números temos: R = 500 / 0,5 = 1000, o resultado é 1000 ohms ou 1K ohms.

3: Como sabemos, a tensão é medida em volts, como exemplo temos um circuito cuja resistência é de 22 ohms e a corrente é de 10 ampères, qual é a tensão?

Usando a lei de ohm, sabemos que E = R x I, então temos: E = 22 x 10 = 220, usando a fórmula encontramos o valor de 220 volts.

Para assimilar bem, é bom praticar um pouco, saber como fazer esses cálculos será de muita utilidade no dia-a-dia do técnico.

Postagens relacionadas
  • Retificadores e Nomenclaturas
  • Assim Surgiu a Eletrônica
  • Repelente Não Funciona
  • A Corrente é …..
  • Excesso de Corrente
  • Porque Não Atendo
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (13987)
  • Antena Para Celular (11623)
  • Amplicador 60 W RMS (9319)
  • Os Gatos & Dúvidas (7887)
  • Ganhar na Loto Fácil? (5627)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.   Dúvidas? Acesse o Fórum