Cálculo de Fios e Disjuntor

De João Campos
Assunto: Eletricidade

Por favor, em um prédio – térreo mais 4 andares – temos um fornecimento de energia do tipo trifásico, somando uma potência total de 138.700 Wats, ou seja, o equivalente a 920 Amperes… dúvidas:

1- A bitola de fio recomendada, da caixa de entrada até o quadro de distribuição foi a de 95mm, poderia ser essa mesmo? Como posso chegar nesse número?

2- Entre a caixa de entrada principal e o quadro de distribuição, gostaríamos de colocar uma chave NH, como calculamos qual chave seria ideal?

Grato,
João

Resposta:

Olá João,

Quanto a primeira pergunta, existe um padrão de entrada de força para cada região do Brasil, sendo assim, será mera especulação afirmar exatamente qual o diâmetro do fio a ser utilizado, de maneira simples, mas não fica triste, continue lendo.

Quanto a primeira pergunta:

No caso você usa trifásico, mas só podemos fazer o cálculo baseado em uma fase, portanto, 220 ou 110 volts, então: 220 x 1.000 = 220 é o resultado, seria necessário 1 condutor de 220 milímetros para transportar 220 volts sob 1.000 ampères.

No caso de 110 volts: 110 x 1.000 = 110, então será necessário um condutor de 110 milímetros, que sob 110 volts com corrente de 1.000 Ampères.

A quantidade de watts (potência) é obtida multiplicando a tensão pela corrente que circula pelo condutor elétrico.

Note que não estou escrevendo 1.000 como se fosse 1 mA (1 miliampère), aqui escrevo 1.000 Ampères (1 mil Ampères).

Quanto maior for a potência, mais energia circula pelo elemento condutor, e no caso, seria necessário um fio de 220 milímetros (2,2 cm) para tensão de 220 volts e 110 milímetros (1,1 cm) para o caso de 110 volts, sempre pensando na corrente de 1.000 Ampères.

O diâmetro do fio usado para transportar energia deve ser capaz de transportar a quantidade de corrente necessária para alimentar os equipamentos, caso contrário, podem esquentar e se romperem.

E no caso da chave NH o cálculo é o mesmo para que se faz para o diâmetro dos fios, só nesse caso, o parâmetro passa a ser a corrente e não o diâmetro dos fios.

Para sabermos qual a chave apropriada para a proteção, usamos a fórmula matemática da Lei de OHM, que diz que a corrente (em ampères) é igual à potência (em watts) dividida pela tensão (em volts):

Então temos I = P / U

I- símbolo da corrente

P- símbolo de potência

U- símbolo da tensão

Tá certo, assim não consegue, então vai um exemplo:

Se a rede depois da chave NH (ou disjuntor) consumir uma potência de 800 watts sob 110 volts teremos 800 divididos por 110:

I = P / U = 800 / 110 = 7,27  (7,27 ampères)

Se a rede depois da chave NH consumir uma potência de 800 watts sob 2200 volts teremos 800 divididos por 220:

I = P / U = 800 / 110 = 3,63  (3,63 ampères)

Postagens relacionadas
  • Casamento de Impedancia
  • Ligação de Gerador
  • Reconhecimento Óptico
  • Detecção de frequências
  • Multibrador Astável
  • Antena Para Celular
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (29484)
  • Antena Para Celular (23182)
  • Amplicador 60 W RMS (16818)
  • Os Gatos & Dúvidas (15745)
  • Gerador Números Celular (14990)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.