Antenas Wlan no Celular

É comum receber e-mails com perguntas com assuntos relacionados a antenas, e se podem ser utilizadas ou não podem ser utilizadas as antenas de grade projetadas para redes sem fio para computadores (Wlan) para a recepção de frequências de redes de telefones celulares, a resposta para essa questão é essas antenas não servem para redes de telefonia celular.

Antenas são “cortadas” para frequências específicas, a não ser que a frequência da rede de telefonia celular coincida com a frequência das redes wireless, o que na prática é possível, mas não permitido pelos órgãos que determinam qual o tipo de sinal pode ser transmitido em cada banda de frequência.

Como sabemos, as redes Wlan operam em 2,4 GHz e as redes de telefonia operam no máximo em 2,1 GHz, são 300 MHz de diferença, o que inviabiliza a utilização de antenas fabricadas para redes Wlan em redes de telefonia celular e nem mesmo em acesso 3G. É o mesmo que dizer que as antenas têm tamanhos diferentes e talvez até formatos diferentes, obviamente que depende do tipo de antena, do ganho desejado, e de outros fatores.

Mesmo assim, antenas para a frequência desejada podem ser montadas e as grades serem reaproveitadas, afinal, a grade serve para refletir os sinais presentes no ar, mas é totalmente aperiódica, ou seja, sem sintonia, a sintonia está na antena.

Para a banda de 850 uma antena de meia onda seriam dois elementos de 17,5 centímetros, uma vez que o tamanho da onda da frequência de 850 MHz é 35 centímetros.

Para 2,4 GHz o tamanho da onda é 12,5 centímetros, note que o tamanho da onda completa é menor que um dos elementos da antena para 850 MHz, portanto, totalmente inviável, para uma antena de meia onda para 2,4 GHz cada elemento teria 6,2 centímetros, desconsiderando os elementos parasitas, tipo de material e outros detalhes.

Com as diferenças enormes nos tamanhos dos elementos e também na distância entre os elementos, não é preciso ser descendente de Nostradamus para prever ganhos em decibéis muito diferentes também.

Você pode calcular uma antena dipolo aberto ou em formato “L” ou “V” invertido de forma simples e para qualquer frequência, a fórmula é a seguinte: (Vs / Fmhz) / To = Te.

Onde Vs é a velocidade do som no vácuo, Fmhz é a frequência de sintonia da antena, To é o tamanho da onda divida, Te é o tamanho do elemento.

Vamos a um exemplo de elementos de ¼ de onda para a frequência de 100 MHz: (300000 / 100000) / 4= 0,75, o resultado é dois elementos de 75 centímetros, usando essa mesma fórmula para outras frequências fica muito mais fácil de compreender.

Um detalhe é que a maioria das antenas para redes Wlan não são propriamente do tipo “dipolo”, são antenas direcionais projetadas para ter altos ganhos, o que torna ainda mais difícil fazer cálculos, devido as altas frequências de operação, vários outros fatores são acrescentados na hora de calcular, capacitância parasita, disposição dos elementos, diâmetro dos elementos, quantidade de elementos, espessura da chapa do material base da antena, enfim, muitos outros detalhes envolvidos.

Postagens relacionadas
  • Direcional Para 5.8 GHz
  • Teste de Módulos de RF
  • Módulos de RF 433 MHz
  • Celular Nos Confins
  • Bloqueadores de RF
  • As Ondas de Rádio
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (14904)
  • Antena Para Celular (12331)
  • Amplicador 60 W RMS (9774)
  • Os Gatos & Dúvidas (8348)
  • Ganhar na Loto Fácil? (5927)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.   Dúvidas? Acesse o Fórum