Neutro Como Terra?

A utilização do fio neutro como terra é condenada pelos eletricistas mais rigorosos, mas ela cumpre o papel básico do aterramento, pois mantém a carcaça em um potencial baixo, de apenas alguns volts, é possível sim, mas esse tipo de ligação tem problemas que a deixam bem longe do ideal.

Um dos primeiros problemas é a tensão do neutro que pode ser elevada caso exista uma queda de tensão muito grande ao longo da fiação.

Ninguém está livre de interferências, e quando existirem interferências na rede elétrica, as interferências serão automaticamente transmitidas para o terra, portanto, o terra “puxará” muitas interferências.

Existe ainda o risco de choques, pois se alguém inverter as posições da fase e do neutro, o fase ficará ligado ao terra, e a carcaça estará “viva”, além disso, a eficiência dos filtros de linha será bem reduzida.

Definitivamente este tipo de instalação não é o recomendável para utilizar em equipamentos que precisam conectar em rede ou em salas diferentes, pois a diferença entre as tensões dos neutros resultará em diferença entre os terras.

Mesmo assim, em casos extremos, é possível utilizar a ligação do neutro ao terra, desde que o usuário esteja ciente desses problemas, e no caso de travamentos, eles podem estar sendo causados por interferências na rede e transmitidas ao terra.

Sempre que for possível, dê preferência ao uso do método de aterramento correto que consiste em puxar um fio de terra desde o quadro de disjuntores até os equipamentos.

Postagens relacionadas
  • Eletricidade e Segurança.
  • Gerar e Usar a Energia
  • Gerar Energia Infinita
  • Eletricidade e Eletrônica
  • Economia Sem Gato
  • Transformadores de Tensão
  • Posts mais acessados
  • Teste de Bateria (14532)
  • Antena Para Celular (12042)
  • Amplicador 60 W RMS (9580)
  • Os Gatos & Dúvidas (8153)
  • Ganhar na Loto Fácil? (5803)
  • Utilize a busca para encontrar o tema de seu interesse.
    Pense no meio ambiente antes de este link.   Dúvidas? Acesse o Fórum